Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

França e Itália aprovam parte de projeto controverso de TGV entre Lyon e Turim

Lusa

  • 333

Paris, 03 dez (Lusa) -- A cimeira franco-italiana, que juntou hoje, em Lyon, o Presidente François Hollande e o chefe de Governo Mario Monti, deu mais um passo no controverso projeto de criação de uma linha de alta velocidade entre Lyon e Turim.

Uma "declaração comum referente ao túnel Lyon-Turim", cujo custo de construção está estimado em 8,5 mil milhões de euros, foi hoje assinada pelos ministros dos Transportes de França e de Itália, na presença do chefe do Estado francês, François Hollande, e do chefe do Governo italiano, Mario Monti, noticia a agência France Presse. O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, também esteve presente.

Este gesto, que diz respeito ao financiamento da construção de um túnel de 57 quilómetros debaixo dos Alpes, reafirma o compromisso dos dois Governos para com este projeto, orçamentado em 26 mil milhões de euros.