Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fortes réplicas continuam a atingir as Ilhas Salomão

Lusa

  • 333

Honiara, 10 fev (Lusa) -- Fortes réplicas continuavam a abalar hoje as Ilhas Salomão, dificultando as operações das equipas de salvamento que procuram ter uma imagem mais clara dos prejuízos, quatro dias depois da ocorrência de um sismo de magnitude 8, seguido de tsunami.

As autoridades confirmaram a morte de dez pessoas, com a descoberta do corpo de uma criança numa vala, nas remotas Ilhas de Santa Cruz, enquanto mais de 3.000 pessoas se encontram atualmente em centros de abrigo, após as suas casas terem sido destruídas.

Dois barcos abastecidos de bens urgentes, como água e comida, medicamentos e tendas, já chegaram a Lata, a principal cidade, mas o frágil sistema de comunicações representa a suspensão de futuros carregamentos.