Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fórmulas nos contratos das ex-Scut podem estar a prejudicar Estado - investigador

Lusa

  • 333

Redação, 20 fev (Lusa) - As fórmulas utilizadas para calcular pagamentos do Estado às concessionárias das ex-Scut podem estar a inflacionar essas transferências, admitiu hoje à Lusa um investigador de matemática.

"A nossa conclusão é que as fórmulas são más e muito instáveis, os textos [dos contratos] também são maus, e os resultados imprevisíveis", disse à agência Lusa José Matos.

Este investigador de matemática do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) está a estudar a legislação sobre parcerias público-privadas rodoviárias e concessões das ex-Scut (vias Sem Custos para o Utilizador), especialmente os contratos publicados em Diário da República.