Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Formação de adultos deve responder a necessidades do mercado de trabalho - CNE

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 mai (Lusa) -- O Conselho Nacional de Educação recomendou ao Governo que a oferta formativa para adultos corresponda às necessidades dos formandos, das empresas e das regiões, e defendeu o "envolvimento urgente das instituições do ensino superior" neste processo.

Numa recomendação sobre políticas públicas de educação e formação de adultos, enviada ao gabinete do ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, na passada sexta-feira, e à qual a agência Lusa teve acesso, o CNE defendeu que "devem ser adotadas medidas tendentes a promover e certificar uma nova oferta de formação emergente, com uma tipologia específica, desenhada à medida das necessidades dos adultos e/ou das empresas".

Para o CNE são os centros de formação ou certificação de competências dos adultos que devem adaptar a sua oferta às necessidades, e não os formando a adequarem a sua formação à oferta existente.