Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Forças Armadas venezuelanas vão integrar novo comando de combate ao sequestro

Lusa

  • 333

Caracas, 04 jun (Lusa) - Mais de 2.000 oficiais das Forças Armadas da Venezuela vão integrar o novo comando de combate à extorsão e sequestro, que foi criado pelo governo venezuelano para reduzir a criminalidade nos 24 Estados do país.

Segundo o vice-ministro venezuelano do Interior, Justiça e Paz, José Vicente Rangel Ávalos, estes oficiais receberam formação especializada nos últimos meses, estando as autoridades atualmente a realizar sondagens para determinar os problemas de cada uma das regiões venezuelanas e precisar os programas específicos a aplicar em cada uma delas para combater a criminalidade.

Este novo comando, segundo o general de divisão, Miguel Alcides Vivas Landinos, está dotado de "equipamentos de alta tecnologia" que vão ser usados por diversos órgãos de segurança e inteligência do Estado para responder aos diferentes casos.