Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Força Aérea cessa contrato com militar que terá transportado filho morto no carro

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 mar (Lusa) - A Força Aérea Portuguesa (FAP) determinou a cessação compulsiva do contrato com a militar que alegadamente andou uma semana com o filho morto dentro do carro, anunciou hoje aquela instituição.

Numa nota, a que a agência Lusa teve acesso, o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA), general José Pinheiro, explica que, na sequência do processo disciplinar desencadeado em dezembro de 2012, "ficou provada a violação grave de deveres militares" por parte da cabo-adjunto.

O CEMFA acrescenta que "foi aplicada a sanção disciplinar de cessação compulsiva de contrato, tendo a militar passado à disponibilidade em 08 de março de 2013".