Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Foragido capturado uma década depois do caso "Mães de Bragança".

Lusa

  • 333

Bragança, 20 nov (Lusa) -- O mais conhecido empresário da noite arguido nos processo desencadeados pelas "Mães de Bragança" foi capturado pelas autoridades depois de quase uma década foragido à justiça, confirmou hoje fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Camilo Gonçalves foi capturado, segunda-feira, na fronteira de Quintanilha, em Bragança, pelas autoridades que já algum tempo seguiam os passos do indivíduo que, de acordo com a fonte, "continuou no negócio" da noite ao longo destes anos.

O empresário foi julgado à revelia em julho de 2007 e condenado a nove anos de prisão. Estava foragido desde a noite da mega rusga policial, a 15 de fevereiro de 2004, que encerrou as três principais casas noturnas ligadas ao alterne com mulheres brasileiras em Bragança.