Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FNE pede reunião urgente ao Ministério da Educação por causa das novas normas

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 jul (Lusa) -- A Federação Nacional da Educação (FNE) solicitou uma reunião urgente ao ministro da Educação, Nuno Crato, alegando que foi publicado um diploma sobre o desenho curricular do ensino básico e secundário sem a intervenção dos sindicatos.

A posição da FNE surge na sequência da publicação, em Diário da República, do despacho normativo destinado a enquadrar os compromissos assumidos no processo negocial concluído a 25 de junho, que permitiu levantar a greve dos professores.

Porém, a FNE alega que foi publicado um novo normativo sobre o desenho curricular, "sem intervenção das organizações sindicais".