Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FNE estuda formas de contestar pagamento de taxa avaliação de docentes

Lusa

  • 333

Porto, 06 nov (Lusa) -- A Federação Nacional de Educação (FNE) revelou hoje estar a estudar formas de contestar legalmente o pagamento de taxas para a inscrição na avaliação dos professores contratados, imposto num despacho do Governo.

"Estamos a estudar formas de também combater a imposição do pagamento dessa taxa. Veremos quais os meios para a contestar. Mas a nossa primeira preocupação é evitar que a prova se concretize", frisou João Dias da Silva, presidente da FNE, em declarações à Lusa.

João Dias da Silva lamenta que o Ministério da Educação insista "na concretização de uma prova que não tem qualquer fundamento" ao publicar na terça-feira em Diário da República um despacho que determina que os professores contratados vão ser chamados para avaliação já a 18 de dezembro, tendo de pagar 20 euros pela inscrição no teste.