Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI/Cortes: Algumas "sugestões técnicas" são inaceitáveis mas decisões cabem ao Governo - CDS

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jan (Lusa) -- O líder parlamentar do CDS disse hoje que algumas "sugestões técnicas" do FMI para cortes na despesa "não são aceitáveis", mas sublinhou que se trata de um relatório "intercalar", "não oficial", e que as "decisões" cabem ao Governo.

Nuno Magalhães disse aos jornalistas, no Parlamento, que desconhece o relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) hoje divulgado pelo Jornal de Negócios por ser "intercalar".

"Não é um relatório final e não sendo um relatório final, não é oficial", sublinhou, repetindo esta afirmação várias vezes.