Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI reata relações com Somália 22 anos depois

Lusa

  • 333

Washington, 12 abr (Lusa) -- O Fundo Monetário Internacional (FMI) reconheceu hoje o Governo Federal da Somália, pondo fim a 22 anos de rutura de relações, o que poderá levar a organização a fornecer apoio técnico e político àquele país.

"O Fundo Monetário Internacional reconheceu hoje o Governo Federal da Somália, liderado pelo Presidente Hassan Sheikh Mohamud, o que abre caminho para o reatamento de relações após um intervalo de 22 anos", indicou o FMI em comunicado.

Trata-se de uma "decisão consistente com o amplo apoio internacional e reconhecimento do Governo Federal", lê-se na nota.