Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI prevê "crescimento notável" da economia moçambicana, apesar das cheias

Lusa

  • 333

Maputo, 07 mai (Lusa) - O vice-diretor-executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI) David Lipton afirmou hoje em Maputo que a economia moçambicana terá um crescimento notável, na ordem dos sete por cento, apesar do "efeito devastador das cheias".

David Lipton considerou que a economia moçambicana estará à altura de "evitar o pior" provocado pelas calamidades naturais, quando falava numa palestra na Universidade A Politécnica, no âmbito da visita que realiza ao país.

"O desempenho de sete por cento que Moçambique vai alcançar até ao final do ano é de todo mais notável, porque acontece num contexto em que o país foi assolado por cheias severas. O impacto humano foi devastador, mas a economia conseguiu evitar o pior", assinalou o norte-americano David Lipton.