Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI defende equilíbrio entre ajustamento orçamental e apoio ao crescimento

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 out (Lusa) -- O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje que o objetivo do ajustamento orçamental deve ser combinado com o do fomento do crescimento e admitiu que os seus conselhos estão sob apreciação e ajustamento constante.

No relatório anual, hoje divulgado no seu sítio na internet, o FMI exemplifica com Portugal, recordando que em 2012 considerou os seus objetivos orçamentais "apropriados, desde que os desenvolvimentos económicos fossem os esperados".

Lembrou ainda que, na altura, "enfatizou a importância de atingir o equilíbrio devido entre a consolidação orçamental e as medidas de apoio ao crescimento económico".