Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI critica plano de austeridade do governo húngaro

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 28 out (Lusa) -- A representante do Fundo Monetário Internacional na Hungria, Iryna Ivaschenko, considerou que diversas medidas orçamentais anunciadas na semana passada pelo governo não respeitam os objetivos do FMI.

Um despacho da agência AFP, que cita uma porta-voz do fundo, adianta que ainda não foi marcada qualquer data para uma nova ronda de discussões entre as autoridades húngaras e o FMI.

A Hungria pediu em 2011 a ajuda do FMI e da União Europeia (UE) para poder voltar aos mercados com juros aceitáveis, numa altura em que a sua moeda, o forint, está fortemente desvalorizado.