Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI aprova novo Instrumento de Apoio à Política Económica de Moçambique

Lusa

  • 333

Maputo, 24 jun ((Lusa) - O conselho de administração do Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a sexta avaliação do acordo com Moçambique e aprovou um novo Instrumento de Apoio à Política Económica (PSI) de três anos para o país.

O instrumento de assessoria PSI foi concebido para países de baixo rendimento, que, sem a necessidade de recorrerem à assistência financeira do FMI, pretendam beneficiar dos serviços prestados pela instituição "como aconselhamento, monitoria e endosso das políticas", refere-se num comunicado do FMI.

"O PSI de Moçambique visa a manutenção da estabilidade macroeconómica e a redução da pobreza através da capacitação institucional em matéria de gestão económica; a melhor focalização das despesas prioritárias; o fortalecimento da gestão da dívida; a eficiência do sector financeiro e a melhoria do ambiente de negócios e da competitividade", acrescenta-se no documento.