Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI alerta para alto endividamento das empresas do sul da Europa

Lusa

  • 333

Barcelona, 22 out (Lusa) - O diretor dos Assuntos Monetários do Fundo Monetário Internacional (FMI), José Viñals, alertou na segunda-feira que entre 30% e 47% da dívida das empresas de Itália, Espanha e Portugal estão nas mãos de empresas que não a podem pagar.

Em Itália, esta percentagem situa-se nos 30%, ao passo que em Espanha ascende a 41% e em Portugal a 47%, referiu o espanhol José Viñals, citado pela agência espanhola EFE numa conferência em Barcelona.

Nestes casos, a dívida com os juros que essas empresas enfrentam a cada ano ultrapassa o seu lucro antes de impostos, o que torna muito difícil assumir o pagamento dos créditos.