Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Finanças reclamam 4,7 milhões de euros de dívidas da Saudaçor por alegada retenção irregular de IVA

Lusa

  • 333

Horta, 18 fev (Lusa) -- A Administração Tributária (AT) e a Saudaçor, a empresa pública açoriana que gere os investimentos na Saúde, estão em litígio judicial por causa de uma alegada dívida de 4,7 milhões de euros referentes à retenção irregular de IVA.

De acordo com o relatório de contas de 2011 da Saudaçor, a que a agência Lusa teve acesso, uma inspeção realizada pelas Finanças em fevereiro desse ano apurou que aquela sociedade anónima teria de liquidar um montante relativo ao Imposto sobre o Valor Acrescentando (IVA) referente aos anos de 2007, 2008, 2009 e 2010.

A AT notificou a Saudaçor para que liquidasse os 4,7 milhões de euros de impostos em dívida, mas os gestores da sociedade anónima recusaram-se a pagar, o que levou os técnicos de Finanças a instaurar um processo de execução fiscal com vista à "cobrança coerciva" daqueles valores.