Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Finanças já pagaram 22ME em responsabilidades decorrentes da venda do BPN ao BIC

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 jul (Lusa) - O Ministério das Finanças disse hoje o Estado já pagou 22 milhões de euros em responsabilidades contingentes no âmbito do contrato de venda do BPN ao BIC, lembrando que o mesmo previa um valor até 158 milhões de euros.

Numa nota enviada à agência Lusa, fonte oficial afirma que até agora, o Estado assumiu "cerca de 22 milhões de euros, valor este, passados 14 meses da alienação do BPN [celebrado em março de 2012], muito inferior ao estimado".

A mesma fonte especifica que o montante previsto das responsabilidades contingentes a suportar pelo Estado na sequência da venda do BPN poderia ascender a 158 milhões de euros e explica que aquelas responsabilidades referem-se "a litígios anteriores à compra e venda de ações do BPN, garantias bancárias emitidas pelo BPN antes da venda e não selecionadas pelo Banco BIC, redimensionamento de efetivos do BPN, revisões de rendas dos contratos de arrendamento do banco e outras contingências".