Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Finanças detetam produtos financeiros "altamente especulativos" nas empresas públicas

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 abr (Lusa) -- A análise solicitada pelo Governo aos instrumentos financeiros subscritos por várias empresas estatais revelou que há produtos com características "problemáticas", incorporando estruturas "altamente especulativas", revelaram hoje as Finanças, acrescentando que estão a renegociar esses contratos com a banca.

"Concluiu-se que vários destes contratos têm características problemáticas por não se tratarem de meros instrumentos de cobertura de risco ['swaps'] e incorporarem estruturas altamente especulativas", lê-se no comunicado enviado pelo Ministério das Finanças.

Em causa estão cerca de 3 mil milhões de euros no perímetro das empresas públicas em responsabilidades potenciais por utilização de instrumentos derivados.