Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Filial da CGD em Espanha quer reduzir trabalhadores e escritórios num terço -- sindicatos

Lusa

  • 333

Madrid, 09 out (Lusa) -- O Banco Caixa Geral (BCG), filial espanhola da Caixa Geral de Depósitos (CGD), quer realizar um corte de um terço no seu número de trabalhadores e na sua rede de escritórios, segundo dados remetidos aos sindicatos, informaram à Lusa fontes sindicais.

As fontes explicaram que uma proposta nesse sentido foi apresentada numa reunião que a direção do BCG manteve na terça-feira em Madrid com representantes dos trabalhadores.

O corte previsto abrangeria 286 empregados e 63 escritórios e é necessário, segundo as mesmas fontes, para cumprir as condições impostas por Bruxelas pelas ajudas públicas de 1.650 milhões de euros recebidas pela CGD.