Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FIFA recua na imposição do limite de idade e endurece luta contra o racismo

Lusa

  • 333

Porto Luís, Ilhas Maurícias, 28 mai (Lusa) - O comité executivo da FIFA, que está a preparar o congresso do organismo nas ilhas Maurícias, adiou hoje a questão do limite de idade e dos mandatos dos seus dirigentes e endureceu o discurso contra o racismo.

O debate sobre a fixação de um limite de idade e de mandatos no seio da FIFA estava previsto na ordem de trabalhos do congresso de quinta (abertura) e sexta-feira (sessões) nas ilhas Maurícias, mas foi adiado para a reunião magna de 2014, em São Paulo, Brasil, indicou o organismo máximo do futebol mundial após uma reunião do seu comité executivo.

"Como não se chegou a qualquer consenso" sobre a matéria entre as federações e confederações que integram a FIFA, "foi requerida uma análise mais cuidada", explicou o comunicado.