Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FIFA quer ver melhorias nas condições de trabalho nos estádios do Qatar

Lusa

  • 333

Zurique, Suíça 20 nov (Lusa) - A FIFA e a Confederação Sindical Internacional apelaram hoje à introdução "rápida, consistente e sustentada de condições de trabalho justas" no Qatar, onde já decorrem obras relacionadas com o Mundial de futebol de 2022.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, reuniu-se hoje em Zurique com o presidente da Confederação Sindical Internacional e também presidente da Confederação de Sindicatos Alemães, Michael Sommer, tendo classificado como "inaceitável" a situação laboral naquele país do Médio Oriente.

"Os líderes económicos e políticos têm de contribuir para melhorar a situação inaceitável no Qatar. Por isso, acolhi a iniciativa da Confederação Sindical Internacional e da Federação Alemã de Futebol [DFB], porque juntos podemos mudar alguma coisa. Estou convencido de que o Qatar está a lidar com o assunto de forma muito séria. Estas conversas sobre o Qatar mostram a importância do papel que o futebol pode ter, a gerar publicidade [sobre o tema] e, assim, a promover a mudança", declarou Blatter no final da reunião, mediada pelo presidente da DFB, Wolfgang Niersbach.