Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FESAP contesta colocação de trabalhadores no regime de requalificação profissional

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 mai (Lusa) - A Frente Sindical da Administração Pública (Fesap) rejeitou hoje a colocação de trabalhadores no regime de requalificação profissional e a eventual atribuição de subsídio de desemprego, conforme foi proposto pelo Governo.

"A questão do subsídio de desemprego foi posta pelo governo em cima da mesa dizendo que como vai agora equiparar os sistemas público e privado, não fazia sentido que os trabalhadores ficassem sem o sistema geral de proteção", disse aos jornalistas o secretário coordenador da FESAP, Nobre dos Santos, após um encontro com o secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino.

Nobre dos Santos manifestou a total discordância desta estrutura sindical a esta proposta, por considerar tratar-se de uma porta para os despedimentos no Estado.