Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fesap acusa PR de "subserviência" e promete recorrer da decisão

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 jun (Lusa) -- A Fesap acusou hoje o Presidente da República de agir com "subserviência" perante o Governo ao promulgar a nova lei sobre os subsídios de férias e anunciou que vai recorrer da decisão junto do Provedor de Justiça.

Em comunicado enviado às redações, a Frente Sindical da Administração Pública afirmou que "não compreende como é possível Cavaco Silva colocar-se numa posição de total subserviência aos caprichos governamentais, pactuando com uma situação injusta e que coloca em causa princípios de equidade".

Lembrou que, recentemente, o Governo referiu que "não existiam quaisquer problemas de cobertura orçamental para o pagamento dos subsídios de férias".