Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fernando Ulrich diz que banqueiros são vistos como "monstros" e "vampiros sociais"

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 fev (Lusa) -- O presidente do BPI disse hoje que os banqueiros são vistos como "vampiros sociais" e "monstros" após várias críticas da esquerda parlamentar sobre declarações suas, defendendo ainda um aumento do Salário Mínimo Nacional e das indemnizações por despedimento.

"Um banqueiro tem de ser um vampiro social, um monstro. Senhor deputado, com franqueza, se algumas das coisas que têm dito sobre mim fossem a sério eu tinha que ser internado", disse hoje Fernando Ulrich na Comissão parlamentar e Orçamento e Finanças, em resposta ao deputado do PCP Honório Novo.

O gestor do BPI disse também que, propositadamente, os deputados à esquerda esquecem algumas das afirmações que tem feito, nomeadamente sobre a ideia de tornar os despedimentos mais caros, mas mais fáceis e de aumentar o Salário Mínimo Nacional.