Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fenprof acusa Crato de "hipocrisia" e de "tentar ganhar na secretaria"

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 jun (Lusa) - O secretário-geral da Fenprof acusou hoje o ministro Nuno Crato de fazer um "discurso hipócrita" sobre a greve, considerando que a convocatória para exames é uma tentativa de "ganhar na secretaria" um jogo que "perdeu no terreno democrático".

Em conferência de imprensa na Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira acusou o ministro da Educação de "uma tremenda hipocrisia" no apelo que fez aos professores sobre a greve marcada para segunda-feira, considerando que Nuno Crato podia "ter acatado a sugestão que o colégio arbitral lhe fez de deslocar o dia do exame".

"Crato decidiu mantê-lo. É um direito que lhe assiste. Mas não pode agora vir dizer que o problema de muitos estudantes não terem exames é um problema dos professores", criticou.