Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Federer cai para quinto do "ranking" e Murray aproxima-se de Djokovic

Lusa

  • 333

Redação, 08 jul (Lusa) -- O tenista suíço Roger Federer, inesperadamente eliminado na segunda ronda do Grand Slam londrino de Wimbledon, foi protagonista, pela negativa, na alteração mais significativa no topo do "ranking" mundial.

Federer, que procurava em Londres o oitavo troféu, despediu-se do All England Club logo na segunda eliminatória, uma curta campanha que relegou o antigo líder do "ranking" do terceiro para o quinto lugar.

Andy Murray, que acabou com uma "maldição" de 77 anos e voltou a colocar um britânico na galeria dos campeões de Wimbledon, depois de Fred Perry, em 1936, manteve-se no segundo posto, na perseguição ao sérvio Novak Djokovic, derrotado na final.