Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Federação inglesa de futebol publicou relatório que culpa Terry de insulto racista

Lusa

  • 333

Londres, 05 out (Lusa) -- A Federação Inglesa de Futebol (FA) publicou hoje o relatório que esteve na base da suspensão por quatro jogos imposta a John Terry, por insultos racistas, e que contraria a decisão judicial, que absolveu o jogador do Chelsea.

O organismo que gere o futebol inglês chegou a uma conclusão diferente de um tribunal londrino que em julho absolveu o antigo internacional inglês da acusação de ter proferido insultos racistas contra Anton Ferdinand, defesa do Queens Park Rangers, em outubro de 2011.

Quase um ano depois do incidente, a FA considerou que as "palavras foram usadas com intenção de ofender", suspendendo o jogador por quatro partidas e condenando-o ao pagamento de uma multa de 220.000 libras (cerca de 277.000 euros).