Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Federação distrital do PS/Braga critica "corte cego" na agência Lusa

Lusa

  • 333

Redação, 15 nov (Lusa) -- A federação distrital de Braga do Partido Socialista (PS) considerou hoje que o anunciado corte de cerca de 30 por cento na verba a transferir para a Lusa pelo acionista Estado representa um "ataque cego" à estrutura da agência.

"Estamos, portanto, perante uma proposta do Governo, feita pelo ministro da tutela, Miguel Relvas, que, alegando argumentos de ordem económica, esconde propósitos e estratégias que mais não visam que um premeditado enfraquecimento da agência Lusa, reduzindo a sua ação a Lisboa e Porto", refere o PS/Braga.

Em comunicado, a estrutura socialista afirma que "estas opções políticas, quiçá destinadas a criar condições propícias a uma eventual privatização da agência, um dos esteios do jornalismo nacional, garante da democratização da informação, não só não passam em claro, como merecem o veemente repúdio da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista".