Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fecho de mais de 260 empresas em Santarém faz desemprego subir 17% em 2012

Lusa

  • 333

Santarém, 28 jan (Lusa) -- Mais de 260 empresas fecharam portas em 2012 no distrito de Santarém, fazendo com que o número de desempregados chegue a quase 31 mil pessoas, mais 17% que no ano anterior, divulgou hoje a União dos Sindicatos.

"O número de insolvências registadas em 2012 foi de 262, o que representa um acréscimo de 63% em relação a 2010 e, consequentemente, o número de desempregados aumentou, no final de dezembro, para perto de 31 mil trabalhadores no distrito", afirmou Rui Aldeado, coordenador da União dos Sindicatos de Santarém (USS).

Santarém, Tomar e Benavente são, segundo Rui Aldeano, os concelhos onde "o encerramento de empresas é mais preocupante", afetando sobretudo "indústrias metalúrgicas e gráficas e pequenas e microempresas de construção civil".