Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Faro: Macário Correia garante que devolveu "por livre iniciativa" valores que recebeu ilegalmente

Lusa

  • 333

Faro, 17 jul (Lusa) -- O presidente da Câmara de Faro, Macário Correia (PSD), revelou hoje que devolveu "por livre iniciativa" os valores que recebeu ilegalmente e que foram apontados numa auditoria do Tribunal de Contas à autarquia.

Depois de na segunda-feira a Comunicação Social ter noticiado que o Tribunal de Contas fez uma auditoria aos suplementos remuneratórios pagos pelos municípios de Faro, Figueira da Foz, Palmela, Rio Maior e Valongo, que apontava para o aumento, entre 2005 e 2009, das despesas com o pessoal, Macário Correia fez hoje um esclarecimento, dizendo que foi o único autarca a devolver esse dinheiro sem lhe ter sido solicitado.

Igualmente visado pela auditoria foi o anterior presidente da Câmara de Faro, o socialista José Apolinário, que também já reagiu às notícias, afirmando que irá devolver todo o dinheiro que recebeu indevidamente, de acordo com o Tribunal de Contas.