Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Faria de Oliveira aponta para subida das taxas moderadoras na Saúde

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 nov (Lusa) - O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira, admitiu hoje a necessidade de haver alterações no setor da Saúde, para garantir a sua sustentabilidade, apontando para a possível subida das taxas moderadoras.

"O setor da Saúde, para continuar a prestar os serviços que oferece, sem perder qualidade, poderá vir a ter que sofrer algumas alterações", afirmou o banqueiro à margem de um evento em Lisboa, frisando que poderá ser necessário o aumento das taxas moderadoras.

"Isto tem custos para o utilizador", sublinhou Faria de Oliveira, acrescentando que, na Educação, "poderão ser retomadas as propinas para as famílias com rendimentos mais elevadas".