Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Família de Angélico Vieira pede perícia à letra e assinatura do cantor

Lusa

  • 333

Aveiro, 19 abr (Lusa) - A família de Angélico Vieira requereu a realização de uma perícia à letra e assinatura do cantor para provar que este não era o proprietário do BMW, ao volante do qual se despistou e morreu, em 2011.

O requerimento consta da contestação da mãe de Angélico ao pedido de indemnização civil apresentado pela família de Hélio Filipe, vítima mortal no acidente de viação que também matou o cantor, que corre no tribunal de Aveiro.

Na contestação, a família de Angélico, representada no processo pelo escritório de advogados João Nabais, nega que o cantor seja o proprietário do BMW, tal como defende o stand Impocar, que é réu no mesmo processo.