Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Família biológica de Maria quer que a criança lhe seja devolvida

Lusa

  • 333

Gurkovo, Bulgária, 26 out (Lusa) -- A família búlgara de Maria, a criança loura de ascendência cigana encontrada num acampamento na Grécia na passada semana, quer a menina de volta, mas teme que esta lhes seja retirada pelos serviços sociais.

"Deem-nos a Maria! Nós levamo-la para casa e partilharemos o nosso pão com ela. Não a abandonaremos por nada deste mundo", disse à agência francesa AFP a sua irmã mais velha Katia Ruseva, de 20 anos, que vive na cidade búlgara de Gurkovo com o marido e dois filhos.

Katia Ruseva contou ainda que costuma tomar conta dos seus oito irmãos, quando os pais trabalhavam na Grécia, e que quando estes regressaram à Bulgária, a mãe de Katia revelou ter deixado para trás uma bebé -- Maria -, por não ter dinheiro para pagar pelo seu passaporte.