Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Faltam 20 meses para acabar o programa de ajustamento", não é altura de "fraquejar" -- Miguel Relvas

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 out (Lusa) - O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, afirmou hoje que "faltam 20 meses para acabar o programa de ajustamento" que está a ser aplicado em Portugal e defendeu que não é altura de "fraquejar".

Numa intervenção durante as jornadas parlamentares do PSD e do CDS-PP, na Sala do Senado da Assembleia da República, Miguel Relvas sustentou que, embora se assista a uma "crescente crispação em Portugal" e "a gritaria" tenha ocupado o debate público, não há "alternativa à austeridade e às reformas estruturais" do Governo.

"Faltam 20 meses para acabar o programa de ajustamento. Portugal precisa de terminar a tarefa que iniciou", afirmou Miguel Relvas, defendendo: "Fraquejar agora queria dizer que, na melhor das hipóteses, as instituições internacionais ficariam durante anos em Portugal. No pior cenário, adiávamos a cura da doença que arrastamos há demasiado tempo: a do atraso crónico, da inércia e da pobreza".