Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Falta de unidades regionais de tratamento prejudica doentes de cancro - Associação Laço

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 out (Lusa) - A presidente da Associação Laço alertou hoje que a falta de uma rede de unidades regionais de tratamento do cancro da mama com profissionais de saúde e equipamentos está a prejudicar a sobrevivência e qualidade de vida de alguns doentes.

No Dia Nacional do Cancro da Mama, a presidente da Associação Laço, Lynne Archibald, criticou o facto de a rede de referenciação, desenhada há uma década, ainda "estar na gaveta".

Em declarações à Lusa, Lynne Archibald chamou a atenção para a importância de criar uma rede que organizasse os serviços existentes, criando unidades de mama regionais, onde estariam concentrados equipamentos e profissionais de saúde.