Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Falta de psicólogo atrasa encontros entre pais de advogado assassinado e a neta

Lusa

  • 333

Oliveira do Bairro, 12 abr (Lusa) - A advogada dos pais de Cláudio Rio Mendes, o advogado assassinado pelo ex-sogro em Oliveira do Bairro, lamentou hoje que ainda não tenha sido cumprida a decisão judicial que concedeu aos seus clientes o direito de visitar a neta.

Em março passado, o Juízo de Família e Menores de Aveiro deu provimento ao pedido dos avós paternos para poderem visitar a neta, que não veem desde o final de 2010, pouco antes de Cláudio Rio Mendes morrer.

No entanto, segundo Arménia Coimbra, advogada dos pais da vítima mortal, o tribunal ainda não procedeu à nomeação do psicólogo que irá ajudar a restabelecer a reaproximação gradual entre a criança e os avós, tal como ficou estabelecido na sentença do juiz Paulo Albernaz.