Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Falta de diálogo do Governo empurrou sindicatos para a greve - CIP

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 jun (Lusa) - O presidente da Confederação Empresarial Portuguesa (CIP), António Saraiva, afirmou hoje que a falta de diálogo do Governo empurrou os sindicatos para a greve, acusando o executivo de "usar mal" a ferramenta da Concertação Social.

O dirigente empresarial considerou que "estas posições são fruto da conjuntura" que o país vive e do facto do Governo estar a usar mal "a ferramenta boa que é o diálogo social e a Concertação Social", acabando por empurrar a UGT para posições mais extremadas.

"Como parceiro sindical, subscritor do acordo social, [a UGT] tem sido pouco escutada ultimamente, tal como têm sido pouco escutados os parceiros empresariais e as posições acabam por se extremar. Uns mantêm o apelo ao diálogo, outros são empurrados para posições um pouco mais extremistas", sublinhou António Saraiva, à margem de uma conferência organizada pela Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares.