Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Falhanço da austeridade obriga Europa a apostar no crescimento - Horta Osório

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 mai (Lusa) -- O presidente do Lloyds Banking Group, António Horta Osório, disse hoje que a Europa deve promover políticas de crescimento económico uma vez que já ficou provado que a austeridade sozinha não está a funcionar.

Nas Conferências do Estoril, onde está a participar num painel sobre a crise e os novos desafios da economia global, o banqueiro português considerou na sua intervenção inicial que é importante que não seja "ignorada a necessidade de esforços concretos para estimular o crescimento da economia", tanto no mundo como na União Europeia, uma vez que as políticas até agora seguidas provaram que "a austeridade sozinha não está a funcionar".

O presidente do banco inglês Lloyds disse ainda que a Europa vive numa "encruzilhada" em que ou "há maior integração" ou se desagrega, "não há meio caminho".