Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Facebook: Zuckerberg admite deceção bolsista mas promete ganhos futuros

Lusa

  • 333

San Francisco, Califórnia, 12 set (Lusa) -- O patrão do facebook, Mark Zuckerberg, admitiu na terça-feira que o início bolsista da empresa da rede social foi "dececionante", mas procurou tranquilizar os investidores prometendo ganhos nas aplicações móveis, consideradas um ponto fraco do grupo, noticia a AFP.

"É óbvio que o desempenho da ação foi dececionante", afirmou Zuckerberg, durante a conferência sobre tecnologia TechCrunch Disrupt em San Francisco, no Estado da Califórnia, na que foi a sua primeira intervenção pública desde a entrada, com pompa e circunstância, do título no Nasdaq, em 18 de maio.

O percurso bolsista transformou-se depois num pesadelo, com a cotação a cair para menos de metade daquele com que o título foi introduzido no mercado das ações das empresas tecnológicas, 38 dólares.