Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Exportações são "única saída" para crescimento dos vinhos do Alentejo - Responsável

Lusa

  • 333

Évora, 14 mai (Lusa) -- O crescimento dos vinhos do Alentejo, que detêm quase metade da cota nacional da comercialização vinícola, passa pela aposta nas exportações, as quais têm vindo a aumentar e já representam mais de 20% das vendas.

Esta ideia foi transmitida hoje à agência Lusa por Dora Simões, presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), que defendeu que as exportações devem ser "o foco para os próximos anos".

"Acho que é a única saída. O mercado nacional está muito retraído, não deverá crescer muito e a maior parte dos agentes económicos da região está a orientar-se, cada vez mais, para as exportações", disse. Segundo Dora Simões, a comercialização dos vinhos do Alentejo nos mercados externos "tem vindo a crescer sempre" e, em 2012, situou-se "perto dos 22%".