Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Exportações: "Novas geografias" podem compensar abrandamento europeu - AICEP

Lusa

  • 333

Porto, 10 jul (Lusa) -- O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) defendeu hoje ser possível compensar o abrandamento da economia europeia, particularmente a espanhola, com a exportação para "novas geografias".

"Os mercados extra-comunitários já representam 30 por cento das nossas exportações globais e isso é absolutamente estratégico", salientou Pedro Reis à margem do debate "Desafios à internacionalização da Economia", que decorreu hoje no Porto.

O responsável da AICEP diz que essa "é uma bandeira" pela qual tem lutado porque permite a Portugal "desbravar novas economias, novas geografias" como China, América Latina e Angola, que são mercados que é preciso "conseguir vencer".