Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Exército desdramatiza tensão e assegura "prontidão combativa" em Mocambique

Lusa

  • 333

Chimoio, Moçambique, 26 set (Lusa) - O chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), Graça Chongo, desdramatizou a tensão político-militar, que se vive no centro de Moçambique, e assegurou que o "exército está em prontidão" para combater inimigos.

"Não sei se chamaríamos a isso uma tensão política. Não consideramos tensão, porque é um ponto ali que teve alguns problemas, não é o país, por isso não pode constituir tensão política", declarou Graça Chongo, em Chimoio, Manica, centro de Moçambique.

A Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), maior partido da oposição, iniciou no primeiro trimestre deste ano "ofensivas militares", com ataques a viaturas ao longo da Estrada Nacional número um (N1), na região de Muxúnguè, Sofala, centro de Moçambique, em retaliação ao assalto e ocupação da sua sede pelo exército e a Força de Intervenção Rápida (FIR), ligada à polícia.