Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Executado um dos autores do atentado de 2001 contra parlamento na Índia

Lusa

  • 333

Nova Deli, 09 fev (Lusa) -- Um homem condenado à morte pela participação no ataque sangrento contra o parlamento de Nova Deli, em dezembro de 2001, foi enforcado hoje, depois de o Presidente indiano, Pranab Mukherjee, ter indeferido um pedido de indulto, indicou fonte oficial.

Mohammed Afzal Guru, um antigo vendedor de furta, foi executado peças 07:30 (02:00 em Lisboa) na prisão de Tihar, perto de Nova Deli, afirmou o ministro do Interior, R. K. Singh, em declarações à agência AFP.

Face ao receio da ocorrência de problemas na região separatista da Caxemira indiana, foi imposto o recolher obrigatório em várias partes da zona, enquanto a principal cidade, Srinagar, foi isolada pelas forças policiais, logo depois da execução do separatista.