Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-secretário de Estado Paulo Júlio ilibado de crime de prevaricação

Lusa

  • 333

Coimbra, 09 abr (Lusa) -- O ex-secretário de Estado da Administração Local Paulo Júlio foi hoje ilibado pelo Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra (TIC) da alegada prática, enquanto presidente da Câmara de Penela, de um crime de "prevaricação de titular de cargo político".

Em declarações escritas enviadas à agência Lusa, Paulo Júlio congratula-se com a decisão que entendeu despronunciá-lo num processo que era "totalmente desprovido de base factual".

O antigo secretário de Estado da Administração Local e da Reforma Administrativa apresentou a demissão do cargo ao ministro da tutela, Miguel Relvas, e ao primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, a 25 de janeiro deste ano, depois de ter sido notificado daquele despacho.