Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-responsável do Ikea em França denuncia sistema organizado de espionagem

Lusa

  • 333

Paris, 29 out (Lusa) -- O antigo responsável da segurança da filial francesa do gigante sueco do mobiliário Ikea acusou hoje a direção da empresa de ter permitido que se espiassem funcionários e clientes, e garantiu que essa era também prática habitual em outros países.

Jean-François Paris, que a Ikea despediu em meados de maio, com mais três altos quadros da empresa sueca em França, após o escândalo de espionagem, deu uma entrevista que o jornal Le Monde hoje publica e onde lamenta que a Ikea responsabilize um pequeno grupo de pessoas por métodos que, disse, estavam institucionalizados.

Paris disse que quando assumiu a posição tinha como missão fiscalizar responsáveis administrativos das lojas em França e gerir tudo o que diz respeito à segurança na empresa, desde a prevenção de acidentes laborais à proteção vídeo dos estabelecimentos.