Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-presidente do Eurogrupo afirma que "todos cometeram" erros com a Grécia

Lusa

  • 333

Atenas, 11 jun (Lusa) - O primeiro-ministro luxemburguês, Jean-Claude Juncker, afirmou hoje em Atenas que "todos cometeram" erros e foram demasiado otimistas ao acreditar que a Grécia poderia voltar rapidamente ao crescimento económico.

O ex-chefe do Eurogrupo fez estas declarações durante uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, na qual o ex-líder luxemburguês felicitou os progressos alcançados pela Grécia no caminho das reformas.

"Há um ano falávamos abertamente da saída da Grécia do euro. Hoje, em contrapartida, já ninguém fala do 'grexit'", afirmou Juncker, que no entanto reconheceu que na hora de avaliar as capacidades de recuperação do país houve demasiado "otimismo".