Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-presidente da UGT diz a Passos que o país não aguenta mais austeridade

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 mai (Lusa)- O ex-presidente da UGT João de Deus afirmou hoje que "o país não aguenta mais austeridade" ou "cortes nas pensões e nos salários" e defendeu que o Governo tem de se focar na criação de politicas de emprego.

As posições do presidente da mesa do congresso da UGT, membro da tendência social-democrata da organização, foram assumidas durante um encontro entre os Trabalhadores Sociais-Democratas (TSD) e o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

O sindicalista começou a sua intervenção com humor, afirmando já poder "falar um pouco mais à vontade, despido das vestes de presidente da UGT", e deixou rasgados elogios ao discurso do Presidente da República na cerimónia de comemoração do 25 de Abril, no Parlamento.