Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-presidente da UCI diz que acusações de Armstrong não são credíveis

Lusa

  • 333

Haia, 19 nov (Lusa) -- O holandês Hein Verbruggen, antigo presidente da União Ciclista Internacional (UCI), considera que as acusações que lhe foram feitas por Lance Armstrong "não são credíveis" nem "lógicas".

Armstrong, irradiado da modalidade e desapossado dos sete títulos do Tour de França devido a doping, acusou Verbruggen, presidente da UCI em 1999, de ocultar um teste positivo nesse ano.

"Desde quando se acredita em Lance Armstrong?", reagiu o ex-presidente da UCI, em declarações ao sítio oficial na internet da televisão holandesa NOS.