Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-pilotos põe os portugueses a 300km/hora no novo Autódromo Virtual de Lisboa

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 mai (Lusa) -- O Autódromo Virtual de Lisboa, um espaço que pretende juntar as emoções da alta velocidade às novas tecnologias, abriu portas esta semana e surge de uma ideia de cinco ex-pilotos que decidiram arriscar em tempos de crise.

O projeto pertence a Pedro Villar, Francisco Villar, Miguel Neto, Nuno Pinto e Diogo Lopes, todos antigos pilotos de carros, que pegaram num espaço em Carnaxide com cerca de 300 metros quadrados e criaram uma pista virtual, dividida em 18 sofisticados simuladores que, em simultâneo, recriam com "realismo" as sensações e as emoções dos verdadeiros carros de competição.

"Começámos a ver que existe uma comunidade virtual bastante grande de simuladores de corridas e a crescer exponencialmente nos últimos anos. Decidimos arriscar, já que não existia um autódromo virtual aqui em Lisboa", explicou Francisco Villar à agência Lusa.